14 janeiro, 2007

Felicidade....

Teus filhos,não são teus filhos,são filhos e filhas da vida,desejosa de si mesma,
não vêm de ti,se não através de ti e ainda que estejam contigo, não te pertencem,
Podes dar-lhes o teu amor,mas não os teus pensamentos,pois,eles têm os seus próprios
pensamentos.
Podes obrigar os seus corpos ,mas não as suas almas,porque elas vivem na casa do amanhã,
que não podes visitar, nem sequer em sonhos.
Podes esforçar-te para ser como eles, mas não procures fazê-los semelhantes a ti,
Porque a vida não retrocede nem para o dia de ontem.
Tu és o arco do qual teus filhos como flechas vivas, são lançadas.
Deixa que a inclinação, na tua mão de arqueiro, seja para a FELICIDADE.

(Kahlil Gibrar)

2 comentários:

Paula disse...

Olá Monga escreves-te uma coisa bonita,realmente os filhos não são nossos são:terra!céu!de algures onde kiserem ir,mas nós podemos encaminha-los.Espero ver mais coisa tuas.

Manuela disse...

É assim mesmo, ganda Monga!

Vá; conto convosco para animar a blogsfera